16 de mar de 2012

a chuva que cai do céu...


a chuva que cai do céu
fortalece a semeadura
a fartura é dádiva da terra

por merecimento
... pertence ao homem
a ternura dos dias
ao fazer-se sol nas manhãs
o amor,
cada estrela tão próxima

e nos damos as mãos
como quem dá graças
ou como quem namora
tudo se faz mais belo
e agora
que é eterno

se faz sentido a flor
em sua efêmera hora
é pela cor em nossas vidas
sem contar o perfume
ar que se respira
partícula de mar e rio
que se evapora

FRED MAIA _ PI, 07-03-1956.
Livros: Gota Serena (1979), Um rock por nada (1986).
Quero porque quero (1988). Também artista gráfico.

Nenhum comentário:

Postar um comentário